quarta-feira, 22 de junho de 2016

PROJETO DE ARQUITETO ICOENSE SOBRE O CINE HOTEL DE LIMA CAMPOS VENCE O PIPA 2016



"A proposta se destaca em todos os aspectos exigidos no edital, seja do ponto de vista da sua qualidade em conteúdo [partido, soluções técnicas, relação com o entorno, concepção formal] ou no quesito apresentação [clareza, coesão, qualidade gráfica, desenvolvimento técnico]".
Estas foram as palavras iniciais da comissão do Prêmio de Intervenção no Patrimônio Arquitetônico [Pipa] 2016 na justificativa da premiação ao projeto vencedor, pertencente ao arquiteto icoense Pedro Lucca Freitas Cândido.
O cantor e compositor "Dru Lucca", como também é conhecido na área artística, enviou o projeto que visa restaurar o Cine-Hotel do distrito de Lima Campos, município de Icó, e que foi o seu Trabalho Final de Graduação [TFG] do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará [UFC], concluído recentemente.
CACTUS - A premiação, entregue no último dia 1º de junho, no auditório da FIEC, em Fortaleza, coroou um trabalho realizado por cerca de um semestre pelo icoense, que realizou minuciosa pesquisa da ocupação do distrito de Lima Campos, localização anteriormente denominada de Estreito, e com a chegada do DNOCS [na época IFOCS] e a construção do Açude Lima Campos. Esta obra hídrica visava amenizar os efeitos da seca que grassavam os sertões nordestinos nos idos de 1932.
A partir da coleta de dados e do estudo sobre a história, cultura e comunidade limacampense, ele criou a ideia do CACTUS, o Centro de Arte, Cultura e Turismo Sertanejo, no local onde hoje estão as ruínas do imponente e histórico Cine-Hotel de Lima Campos, de forma a restaurá-lo e ampliar seu alcance cultura, de forma a ser um centro capacitador e irradiador da cultura local.
Ainda conforme a justificativa do resultado, a comissão do PIPA aponta que "a relação entre edifício existente e as edificações propostas é solucionada de forma harmoniosa, integrando-as volumétrica e formalmente. O programa se mostra pertinente frente a uma demanda latente da maioria das cidades brasileiras, e o domínio da proposta mostra-se desde a escala da implantação até detalhes técnicos de conforto ambiental, demonstrando maturidade do processo completo de projeto em suas mais diversas escalas".
PIPA - O Prêmio de Intervenção do Patrimônio Arquitetônico selecionou os três melhores trabalhos de conclusão de curso de Arquitetura e Urbanismo e abordaram sobre a intervenção no patrimônio arquitetônico do Ceará.
O Prêmio integrou as comemorações do aniversário de 290 anos da cidade, é uma ação continuada do VII Seminário do Patrimônio Cultural, que aconteceu em abri, na cidade. O objetivo da ação estimular o interesse pela elaboração de projetos que se relacionem diretamente com a questão do patrimônio histórico, promovendo uma interação entre as práticas da arquitetura contemporânea e as edificações erguidas num tempo passado.
O Prêmio de Intervenção do Patrimônio Arquitetônico 2016 foi uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com o Instituto Anima e com apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Ceará, do Instituto de Arquitetos do Brasil, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional [Iphan], do Sistema FIEC, do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará e da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza.

Do site Icó é Notícia
* Com informações do IPHAN e do PIPA 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lacy Carvalho (88) 9 9225 2832 Lima Campos na Tela do Seu Computador!