IMAGEM DO DIA

18:32 LACY CARVALHO 0 Comments

Sítio Poço do Carro

Sítio Poço do Carro

0 Comments:

DA SÉRIE: FIGURAS FOLCLÓRICAS DE LIMA CAMPOS - CE

18:18 LACY CARVALHO 0 Comments

Regina de Boi

Regina de Boi

0 Comments:

O VELÓRIO DE TOIM

10:14 LACY CARVALHO 0 Comments


Se você nunca participou de uma noite de velório, na zona rural ou numa pequena cidade do Sertão Nordestino, nas décadas de 60 e 70, pode ter certeza que você não sabe o que é uma festa. Meu primo Toím de Chico Laurentino, tinha 30 anos quando foi chamado pelo grande homem, para o andar de cima, e nos deixou, fora do tempo combinado.Os mais velhos da cidade diziam por uma boca só: "Ele durou foi muito..". Porque Toím, aos dez anos de idade, logo que deixou os tradicionais vícios de comer terra e chupar dedos, começou a beber cachaça e fumar. Ele não media distância. Bebia até ficar botando boneco. Casou-se muito cedo também. Quando atingiu a maior idade já era pai de três filhos. E Nenzinha de Chico Bernardino, esposa dele, teve oito filhos. Ela era disposta.
Trabalhava de dia e de noite, lavando e passando roupas prá ganhar dinheiro.Toím era metido a boêmio, poeta, cantor. Imitava Waldick Soriano. Cantando a carta, ele repetia até aqueles falsetes característicos da voz de Waldick. Em 1967, a cirrose se apossou do corpo de Toím. Era aquele barrigão duro. Andava com dificuldade. Sempre em câmera lenta. Os lábios descascando. Os dentes desbotados. Os pés sempre suados, com aquelas unhas brancas. Quando alguém se aproximava dele para lhe dar um conselho, ele se posicionava contrário e tinha uma resposta para tudo, na ponta da língua. Certa vez Manoel de Zé Guabiraba lhe disse: “Toím, acabe com essas cachaças”. Ele respondeu: “É isso que eu vivo tentando fazer. Mas quando eu bebo uma garrafa o alambique faz dez". Manoel insistiu: “Devagarinho a cachaça vai terminar lhe matando”. Toím concluiu: “Eu não estou apressado prá morrer”. Toím era muito simpático. Tinha uma prosa boa. Muitos amigos. Era querido demais por todos nós da família. Nunca fez mal a ninguém. Se tirasse dele o vício da cachaça, seria um homem perfeito, era o que todo mundo dizia. Ainda hoje a falta dele é sentida por todos que desfrutaram da sua amizade.O coração de Toím parou de bater numa tarde de sábado. Depois que Belinha de João Laurentino examinou o pulso dele e não detectou nenhum sinal de vida (Belinha era uma espécie de enfermeira/curandeira. Ninguém duvidava das coisas que ela dizia.), deu aquela notícia que já era esperada por todos: “Toím foi para o céu”. O carpinteiro Zé Guabiraba veio medir o corpo para confeccionar o caixão de madeira. A difusora do som de Zequinha Aleijado anunciou a nota de falecimento e o convite enterro. E imediatamente Nenen de Bia Laurentino foi convocada para coletar os mantimentos para alimentação dos parentes e amigos de Toím. Hoje em dia se diz: organizar o Buffet.Sete horas da noite, quando Zé Guabiraba chegou com o caixão, a casa já estava cheia. Os próprios amigos tiraram o corpo de Toím da rede, vestiram a melhor roupa e calçaram o único sapato que ele tinha. Posicionaram o caixão conforme a tradição da época, ou seja: sobre duas cadeiras de madeira colocadas no centro da sala, com a parte dos pés para a porta principal. Em baixo do caixão, dentro de uma tigela de barro, alfazema e alecrim queimando nas brasas, para exalar possível mal cheiro. E em seguida, também seguindo a tradição, o último lenço de tecido que o finado usou foi colocado sobre o rosto dele.Parece que eu estou vendo: A mãe de Toím de um lado e a esposa dele do outro lado do caixão, próximas a parte da cabeça. O choro delas era a parte emocionante da cerimônia. Elas choravam o tempo todo. E quando chegava alguém que ainda não havia visitado o velório, aí o volume do choro aumentava. Enquanto isso, minha Tia Nenem, com mais meia dúzia de moças, circulavam da cozinha para o terreiro da casa, preparando e servindo as pessoas. Pão de milho, café, batata doce, milho cozinhado, milho assado, pamonha, sequilho, pão-de-ló, tapioca, beiju, abacaxi, aluá de casca de abacaxi adoçado com rapadura, peixe assado com farinha, conhaque, cachaça de Aracati etc. Durante toda a noite o rojão era esse. Era o que se chamava lá na rua do Rosário: Uma noite de barriga cheia. Velório tinha essa denominação, porque mesmo se o defunto fosse pobre os amigos e os parentes traziam os mantimentos. Lá no terreiro já estava tudo organizado: mesa para os jogadores de baralho, tábuas de gamão, jogo de caipira. Os meninos que tinham a minha idade (12 anos) jogando “sete buracos” com a luz de um candeeiro improvisado numa lata de querosene com um pavio de algodão. Pense numa festa. Gargalhadas a toda hora. Quando Manel de Ruberto contava uma piada tinha moça que se mijava de tanto rir. Do outro lado . estava D. Anete, minha mãe, atualizando as fofocas da cidade com as amigas. Ela sempre foi chegada a esse tipo de prosa. Prá falar a verdade, eu achava bonito mãe falando da vida alheia, porque quando surgia uma briga ela dizia: “Eu não falei nada. Minha boca é um túmulo”.E está lá a viúva chorando e repetindo um refrão que a gente ouvia em todos os velórios: “Oh meu Deus...Porque o Senhor levou Toím... Um homem tão bom, tão querido, tão trabalhador, tão cumpridor dos negócios... tão dedicado à família... Toím, como é que eu vou criar esses oito meninos sem tu? E quando esse que está aqui no meu bucho nascer... Oh Toím como tu vai fazer falta...” Sempre que a viúva estava dizendo isso, minha Tia Nenem, se aproximava do caixão, tirava o lenço da cara do defunto, e olhava bem firme para o rosto dele. Depois recolocava o lenço, fazia um gesto nos olhos e na boca que todo mundo ficava achando graça. Ela saía bem séria. Mas quem assistia aquela presepada não se segurava. A risada era inevitável. Uma vez. Duas. Três. Na quarta vez, quando a viúva estava repetindo esse refrão, meu pai se aproximou de Tia Nenem e foi querer botar moral: “Ei Nenem, que palhaçada é essa? Porque quando a viúva está falando você fica descobrindo o rosto de Toím para o povo ficar achando graça?” Ela, com a cara mais cínica do mundo, se justificou: “É porque sempre que ela está dizendo: um homem tão trabalhador, tão cumpridor dos seus negócios, tão dedicado à família, eu penso que ela está falando de outro defunto, e não desse que está deitado aí..”. Nessa hora a gargalhada do povo foi generalizada. Eu sou saudosista demais. As imagens desse velório do meu primo Toím eu nunca esquecí. E quando eu vejo Lula nas suas visitas ao exterior falando do Brasil que ele redescobriu, reconstruiu e fez essa maravilha de paraíso onde o povo vive comendo três refeições por dia e tem tudo do bom e do melhor, eu fico sempre pensando o que minha Tia Nenem pensava quando olhava o rosto de Toím dentro do caixão: “Ele deve está falando da Nova Zelândia ou do Japão... Não pode ser do Brasil”. Por outro lado, quando os Secretários da Prefeitura de Juazeiro do Norte estão dando entrevistas nas Rádios, nos Jornais, nas TV’s etc., eu volto a pensar o que minha Tia Nenem pensava quando tirava o lenço da cara de Toím: “Eles devem estar falando de Joinville (SC) ou de Curitiba (PR)... Não pode ser de Juazeiro Será que só eu penso assim?” Por isso, lá vai esta quadrinha: Justiça eleitoral, são dois pesos, duas medidas. No processo criminal, diferenças são sentidas. Abusado, bruto, arrogante, prepotente, estúpido, ignorante, inconseqüente. Para o rico são virtudes, até engraçado, todo mundo aceita; Já ao pobre portador desses adjetivos, invertem-se predicados e substantivos. Os “Coxinhas” dizem: além de pobre é idiota e besta. .

Por João Dino, do livro: João Dino, Histórias, Estórias, Crônicas e "causos"



S e você nunca participou de uma noite de velório, na zona rural ou numa pequena cidade do Sertão Nordestino, nas décadas de 60 e 70,...

0 Comments:

LIMACAMPENSE EM DESTAQUE

08:24 LACY CARVALHO 0 Comments

Zé Pituca

Zé Pituca

0 Comments:

IMAGEM DO DIA

10:09 LACY CARVALHO 0 Comments


Lacy Carvalho, Aluísio Ferreira e Rejane Moreira


 Lacy Carvalho, Aluísio Ferreira e Rejane Moreira 

0 Comments:

TARDES DE ICÓ - PEDRO LUCCA

09:08 LACY CARVALHO 0 Comments

0 Comments:

IMAGEM DO DIA

07:27 LACY CARVALHO 0 Comments

Lavadeiras do sertão

Lavadeiras do Sertão, Por: Bete Maciel

Lavadeiras do Sertão, Por: Bete Maciel

0 Comments:

DIRETOR GERAL DO DNOCS VISITA PERÍMETRO IRRIGADO ICÓ - LIMA CAMPOS

18:45 LACY CARVALHO 0 Comments


O diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas [Dnocs], Emerson Fernandes, visitou nessa terça-feira [24], o Perímetro Irrigado Icó-Lima Campos [PILC].O representante do Dnocs estava acompanhado do diretor de produção, Laucimar Loiola, do coordenador estadual, Falb Ferreira Gomes e do engenheiro civil, Elias Benevides.A passagem do Dnocs pelo Icó aconteceu juntamente com a ida aos perímetros Jaguaribe -Apodi e Tabuleiros de Russas e objetivou conhecer de perto as atividades desenvolvidas nesses projetos.PROBLEMAS - Para uma visita de projetos, os visitantes viram mais um elefante branco. Grande e sem funcionamento, o PILC praticamente inexiste em comparação a épocas passadas. A situação foi trazida no Icó é Notícia, com a divulgação do documentário sobre o tema.ICÓ-LIMA CAMPOS - No Perímetro Irrigado Icó-Lima Campos, o Diretor Geral participou de reunião com irrigantes, com as presenças do Diretor de Produção e do Coordenador Estadual do DNOCS no Ceará, quando foram discutidos assuntos de interesse dos colonos.Na ocasião, recebeu das mãos de um deles, um dvd com documentário sobre o Perímetro. Foi também parabenizado, por ter sido ele, segundo os irrigantes, o único Diretor Geral do DNOCS a percorrer às áreas do projeto, desde a sua implantação do perímetro até os dias de hoje.

Informações: Divisão de Comunicação Social do DNOCS

O diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas [Dnocs], Emerson Fernandes, visitou nessa terça-feira [24], o Perímet...

0 Comments:

BLOG DO LACY EM ORÓS - CEARÁ

11:25 LACY CARVALHO 0 Comments


Bereca, Seu Pedro proprietário da Rádio Nossa Fm de Orós e o Repórter Deusimar Oliveira


 Bereca, Seu Pedro proprietário da Rádio Nossa Fm de Orós e o Repórter Deusimar Oliveira 

0 Comments:

IMAGEM DO DIA

10:36 LACY CARVALHO 0 Comments



Adão Produções, Repórter Deusimar Oliveira e  Cabo Rolim da Polícia Militar de Icó -CE


 Adão Produções, Repórter Deusimar Oliveira e  Cabo Rolim da Polícia Militar de Icó -CE 

0 Comments:

REPÓRTER DEUSIMAR OLIVEIRA ENTREVISTA ADÃO PRODUÇÕES NA PRAINHA DO LOURO

18:18 LACY CARVALHO 0 Comments

0 Comments:

PROGRAMA ICÓ NEWS

14:09 LACY CARVALHO 0 Comments


Repórter Deusimar Oliveira, recepcionista Valdênia Alves e Wilton Menezes


Deusimar Oliveira, Valdênia Alves e Wilton Menezes
 O programa Icó News todas ás manhãs de segunda a sexta das 07:30 ás 08:20H. Na Rádio Papagaio FM 97,5 de Icó - CE
As primeiras notícias da manhã com responsabilidade e credibilidade na apresentação o âncora Wilton Menezes e no Plantão da Cidade reportagens com o repórter limacampense Deusimar Oliveira "O Carrasco do Tucunaré".

 Repórter Deusimar Oliveira, recepcionista Valdênia Alves e Wilton Menezes   Deusimar Oliveira, Valdênia Alves e Wilton Menezes ...

0 Comments:

ALÔ DO DIA !!!

18:04 LACY CARVALHO 0 Comments


Alô do dia para o Marcos Alves na cidade de São Paulo, conectado ao Blog do Lacy.
Valeu Marcos !!!!!!!

Alô do dia para o Marcos Alves na cidade de São Paulo, conectado ao Blog do Lacy. Valeu Marcos !!!!!!!

0 Comments:

IMAGEM DO DIA

12:13 LACY CARVALHO 0 Comments



Meu amigo Roberto Livino, sempre nostálgico  e fã de antiguidades, Jeep uma relíquia do passado. 

Meu amigo Roberto Livino, sempre nostálgico  e fã de antiguidades, Jeep uma relíquia do passado.  

0 Comments:

DA SÉRIE: FIGURAS FOLCLÓRICAS DE LIMA CAMPOS - CE

12:01 LACY CARVALHO 0 Comments


Helenão


 Helenão 

0 Comments:

CONFRATERNIZAÇÃO NA PEIXADA DO XIXICO EM LIMA CAMPOS - CE

10:06 LACY CARVALHO 0 Comments


Chico de Osana e o repórter Deusimar Oliveira

Erinaldo (Chimba) e Zô


Bastiãozinho, João, Levi,Ajuricaba, Antônio Marcos e Erinaldo ( Chimba)

Erinaldo (Chimba) e Balbina

Vanusia e Dr. Ajuricaba


Joãozinho, Haroldo, Deusivam, Juvenal, Inspetor Barbosa e Elias.



Juvenal (Patola) Mustang e Dr. Ajuricaba




 Chico de Osana e o repórter Deusimar Oliveira  Erinaldo (Chimba) e Zô  Bastiãozinho, João, Levi,Ajuricaba, Antônio Marcos e...

0 Comments:

FESTA DE INAUGURAÇÃO DA GG CONSTRUÇÃO EM ORÓS

08:49 LACY CARVALHO 0 Comments










0 Comments:

GRUPO IRMÃOS GG INAUGURA, GG CONSTRUÇÃO NA CIDADE DE ORÓS - CE

20:16 LACY CARVALHO 0 Comments



0 Comments:

ALÔ DO DIA !!!!

12:27 LACY CARVALHO 0 Comments


Alô do dia hoje vai pro meu amigo Reginaldo Santana, sempre ligado no Blog do Lacy.

Alô do dia hoje vai pro meu amigo Reginaldo Santana, sempre ligado no Blog do Lacy.

0 Comments:

" A MORTE DO CANAL DA VIDA" - O LADO HUMANO DO PERÍMETRO ICÓ - LIMA CAMPOS

06:45 LACY CARVALHO 0 Comments




 "Com a nossa resistência, produzimos a subsistência, porque nós somos capaz".O trecho faz parte de um dos vários depoimentos presentes no vídeo que trazemos neste espaço, sobre o abandono do Perímetro Irrigado Icó-Lima Campos [PILC].Não iremos repetir palavras de uma situação conhecida por todos. Apresentaremos o lado humano e social presente em um problema que deve fazer parte da agenda da eleição municipal de Icó em 2012.
lDOCUMENTÁRIO - Trazemos aos internautas uma possibilidade de refletir sobre um tema que precisa ser abraçado pelos 52 mil eleitores que sufragarão, no dia 7 de outubro, o nome dos candidatos a prefeito, vice e vereador.Trata-se do vídeo documentário intitulado "A Morte do Canal da Vida", cuja realização é da Comissão para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Diocese de Iguatu, com produção da Uzina Video feito em junho deste ano.O média metragem apresenta depoimentos de diversos agricultores que vivem do Perímetro e que convivem com a falta de apoio dos Governos, sobretudo do DNOCS, órgão responsável pela criação e manutenção do PILC. Mas os icoenses não desistem de lutar. A luta, que é sobrenome de quem nasce em Icó.
FUTURO? É preciso que a população icoense e os 80 postulantes ao pleito saiam da chamada "zona do conforto" e tirem 27 minutos de vosso tempo para assistir este vídeo. É o que solicitamos.Icó precisa de projetos, a partir dos números que apresentem a realidade tal como é. Que se aponte um caminho que inclua a luta do PILC e que não fique no lugar comum das promessas.A luta do Perímetro, tema principal deste trabalho feito pelo, é um bom início. Candidatos, não vejam o PILC apenas nas máquinas e bombas paradas. Vejam os irrigantes e colonos, que gostariam de estar trabalhando em sua tarefa de terra, mas não tem apoio.Vejam as famílias, dependendo de aposentadorias e cujos filhos foram para São Paulo por não ter emprego na quantidade devida. Vejam o humano, assim como vocês, de carne e osso, com medos, incertezas, mas com a estranha mania de acreditar no futuro, de ter esperança. Não pensem apenas nos CNPJs de candidatura, há icoenses esperando.
A politicagem e o partidarismo apenas afugentam a população do debate, a situação e a oposição icoenses precisam evoluir no fazer política de fato.
Pensar em um Icó a longo prazo, para daqui a 10,15 ou 20 anos, e não na próxima eleição. O tempo é testemunha e cobrará a ação ou a falta dela de vocês, candidatos e eleitores.

Fonte: Site Icó é Notícia

 "Com a nossa resistência, produzimos a subsistência, porque nós somos capaz". O trecho faz parte de um dos vários depoimen...

0 Comments:

IMAGEM DO DIA

18:01 LACY CARVALHO 0 Comments


Itálo & Daniela.

Itálo & Daniela.

0 Comments:

GG CONSTRUÇÃO NA CIDADE DE ORÓS - CE

16:55 LACY CARVALHO 0 Comments



0 Comments:

POESIA E LITERATURA

16:18 LACY CARVALHO 0 Comments


Os garranchos da tua covardia
arranharam demais meu coração.

Não consigo entender o que se passa
Pela a mente de um ser que não tem mente
Que jurava amor eternamente
Depois foi para o mundo da desgraça
Hoje vive dormindo pela a praça
Mendingando na rua pelo um pão
Maltratou sem pensar um cidadão
Que suou pra te encher de mordomia
Os garranchos da tua covardia
Arranharam demais meu coração

Mote: enviado por Cibele Sousa no Grupo Face e Poesia.
Glosa: Léo Medeiros
Currais Novos, 31/05/2012
Blog do Léo Medeiros "O Poeta Popular"

Os garranchos da tua covardia arranharam demais meu coração. Não consigo entender o que se passa Pela a mente de um ser que não tem...

0 Comments:

GG CONSTRUÇÃO AGORA EM ORÓS - CE

13:18 LACY CARVALHO 0 Comments


Em breve mais fotos e vídeos.

Em breve mais fotos e vídeos.

0 Comments:

MORENO'S BAR EM LIMA CAMPOS

12:30 LACY CARVALHO 0 Comments

0 Comments:

CONFRATERNIZAÇÃO NA PEIXADA DO XIXICO EM LIMA CAMPOS - CE

08:44 LACY CARVALHO 0 Comments


Netinho e Dr. Ajuricaba

Dr. Ajuricaba e Eduardo

Levi e Régis


 Netinho e Dr. Ajuricaba  Dr. Ajuricaba e Eduardo  Levi e Régis 

0 Comments: